Porque visitar os enfermos?

Porque visitar os enfermos

Aprenda o valor espiritual sobre a prática misericordiosa de visitar os enfermos

Entre as práticas de misericórdia corporal, o gesto de visitar os enfermos nos convida a desinstalarmo-nos de nós mesmos e irmos ao encontro daqueles que padecem dos mais diversos tipos de sofrimento. Jesus é nosso modelo de misericórdia. Ele sempre está ao lado dos fracos e oprimidos, dos pobres e marginalizados, dos enfermos e dos excluídos. Em cada visita que Jesus realizava ele devolvia ao ser humano o direito à dignidade e a vida plena.

Visitar uma pessoa enferma é um gesto de misericórdia carregado de profundo sentido humano e espiritual. Em cada visita que realizamos levamos não somente a nossa amizade, mas também nossa oração, carinho e fraternidade.

Muitos enfermos quase nunca recebem uma visita. No entanto, visitar é um gesto profundamente cristão. Jesus sempre visitou quem estava com algum tipo de enfermidade. Quando a sogra de Pedro estava enferma Jesus foi até sua casa e restabeleceu a sua saúde (cf. Mt 8,14-15); também curou a filha de um chefe (cf. Mt 9,18-19.23-26). Em cada visita e encontro, Jesus inaugurava com seu amor misericordioso um novo tempo na vida de cada pessoa. Seus gestos de ternura devolviam a paz em cada coração.

Grande é a multidão de pessoas enfermas que esperam nossa visita. Estas pessoas não estão longe de nós. Muitas vezes são nossos próprios familiares, ou encontram-se em nossa rua ou bairro. Muitos são membros de nossas comunidades cristãs. A cada uma destas pessoas somos enviados como missionários da misericórdia.

Neste Ano Santo da Misericórdia somos convidados a fazermos a diferença na vida de alguém. Pequenos gestos, quando praticados com amor, deixam marcas de eternidade no coração.

O momento da enfermidade é sempre um período de fragilidade e muitas vezes de solidão, em que a pessoa faz a dolorosa experiência da sua incapacidade, dos seus limites e também da finitude da vida. Sozinho em casa, o enfermo muitas vezes passa dias e noites sem receber uma única visita, tendo apenas como companhia a televisão, o rádio, o computador, ou ainda o celular. A misericórdia não se realiza com palavras bonitas ou frases de efeito, ela é concreta e precisa ser exercitada. Nenhum equipamento eletrônico substitui um sorriso que devolve a alegria, um abraço que conforta, uma palavra que tranquiliza, uma oração que aumenta a fé, um olhar que dá esperança, um ouvido que escuta as dores e medos.

Hoje é o momento propício para atravessarmos as fronteiras de nossos quintais e irmos ao encontro de quem necessita de nosso carinho, conforto e ternura. No leito de dor encontraremos o próprio Cristo sofredor: “Estive doente e me visitastes” (cf. Mt 25,36).

Em cada visita que realizamos, levamos não somente nosso amor, mas o próprio Cristo. E que ao chegar ao final deste ano você possa olhar para trás e dizer com o coração agradecido: “Eu fiz a diferença na vida de alguém!”

O mundo tem necessidade de pessoas que tenham a coragem de semear o bem e levar a misericórdia aos mais necessitados. Nas Sagradas Escrituras encontramos um sábio conselho que desperta nosso coração para a assistência aos irmãos doentes: “Não temas visitar doentes, porque serás amado por isso” (cf. Ecl 7,35) Acredite: o mundo pode ser melhor com pequenos gestos de amor que você praticar.

Pe. Flávio Sobreiro

Curta minha página no Facebook clicando aqui!

Oração de libertação contra as forças do mal

Reze de coração a Oração de libertação contra as forças do mal

Oração de libertação contra as forças do malGlorioso São Miguel Arcanjo,
poderoso vencedor das batalhas espirituais,
vinde em auxílio das minhas necessidades
espirituais e temporais.

Afugentai de minha presença todo mal
e todo ataque e ciladas do inimigo.
Com sua poderosa espada de luz,
derrotai toas as forças malignas
e iluminai meus caminhos
com a luz de tua proteção.

Arcanjo Miguel,
do mal: libertai-me;
do inimigo: livrai-me;
das tempestades: socorrei-me;
dos perigos: protegei-me;
das perseguições: salvai-me!

Glorioso São Miguel Arcanjo,
pelo poder celeste a vós conferido,
sê para mim o guerreiro valente
e conduzi-me nos caminhos da paz.

Amém!

Padre Flávio Sobreiro

Curta minha fanpage clicando aqui!